sua web rádio 

Filipenses 4:13

Posso todas as coisas naquele que me fortalece

O que significa Jesus dar as chaves do reino dos céus a Pedro?

24 JUN 2018
24 de Junho de 2018

Você Pergunta: Eu fiquei muito em dúvida sobre o que Jesus disse a Pedro, quando disse que daria a ele as chaves do reino dos céus. Como poderíamos entender isso que Jesus disse a ele? Pedro teria algum poder de fechar ou de abrir o céu para as pessoas? Estaria isso significando que Pedro foi o primeiro papa como alguns dizem?

Caro leitor, o texto onde Jesus diz isso a Pedro é Mateus 16:19, que diz: “Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus”. A primeira e talvez mais importante regra da interpretação bíblica é analisar o contexto para situarmos essa fala e a compreendermos melhor. Vamos lá?

O que significa Jesus dar as chaves do reino do céus a Pedro?

(1) O contexto surge de uma pergunta que Jesus fez aos Seus discípulos:“Indo Jesus para os lados de Cesareia de Filipe, perguntou a seus discípulos: Quem diz o povo ser o Filho do Homem?” (Mateus 16:13).Depois de ouvir a resposta dos discípulos sobre quem os outros diziam que Jesus era, a pergunta fica mais direta: “Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou?” (Mateus 16:15). Agora Jesus não queria saber mais o que os de fora pensavam, mas o que os Seus próprios apóstolos pensavam a respeito Dele. A resposta vem de imediato do impetuoso Pedro: “Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mateus 16:16). Essa confissão agrada Jesus, que passa então a dizer algumas palavras a Pedro, que são as palavras que iremos analisar.

As chaves do reino dos céus

(2) Alguns pensam erradamente que Jesus estava aqui fazendo de Pedro o primeiro Papa, que teria autoridade suprema sobre todos os discípulos. Inclusive, esse erro interpretativo levou a muitos pensamentos errados, como o caricato pensamento de Pedro controlando a entrada no céu, como uma espécie de porteiro. Tais pensamentos, nem de longe, representam o profundo ensino que a fala de Jesus quis trazer ali. Quando Jesus diz que daria a Pedro as chaves do reino dos céus estava descrevendo algo muito relacionado com a confissão de Pedro de que Jesus era o Cristo (o Messias).

(3) Chaves são usadas para fechar e abrir. Observe que não “chave”, no singular, mas “chaves”. Pedro aqui representa os apóstolos de Cristo. Todos eles foram comissionados por Jesus e receberam a bênção de usar essas “chaves”. Todos receberam o Espírito Santo: “E, havendo dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo” (João 20:22). Essas chaves tem a ver com a confissão de Pedro. A confissão de que Jesus é O Cristo é a chave da pregação que abre as portas para o arrependimento e consequentemente ao reino dos céus. Ao mesmo tempo, a rejeição a essa confissão, ou uma não confissão, a descrença, fecha a porta para o arrependimento e a entrada ao reino dos céus. É por isso que foi dito a Pedro: “o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus” (Mateus 16:19).

(4) Os apóstolos de Cristo, sob a liderança futura de Pedro, foram os responsáveis pelo início da proclamação da Palavra do Senhor (o evangelho) a todas as nações. Eles formaram a base da igreja de Cristo. Eles tinham a autoridade dada por Cristo (as chaves para a compreensão sobre o evangelho) que daria as pessoas os elementos fundamentais para a entrada no reino dos céus. É por isso que se diz a respeito da igreja de Cristo em Atos 2:42: “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações”. A doutrina dos apóstolos era a chave que levava as pessoas ao conhecimento pleno de Cristo ou à confissão de Pedro, compartilhada pelos outros apóstolos. O papel de liderança de Pedro é claro em tudo isso, sendo o cumprimento da promessa de Jesus a ele. Veja a pregação de Pedro em Atos 2:15 e seguintes.

(5) Por fim, devemos rejeitar qualquer ensino que faça de Pedro quase que um semideus. O texto não coloca Pedro nesse patamar, antes, como demonstramos aqui, revela a ele naquele momento a grandeza daquilo que Deus o fez compreender e como essa grandeza do evangelho iria ser compartilhada como sendo as chaves que abririam ou fechariam a entrada das pessoas ao reino dos céus, dependendo de como as pessoas receberiam essa mensagem: se como o povo que dizia que Jesus era um monte de coisas, menos quem era de verdade. Ou se como Pedro e os apóstolos que o viam como o Messias prometido.

Voltar

© 2017 Fernando Lopes registro SRTE 19588/RJ. Todos os direitos reservados.